Publicado por: . | 20 fevereiro, 2019

FAMILIARES

Familiaresaea4e9ceb1e05b9b28cf19aeb711d5b2.jpg

 

 

Emmanuel

 

“Porquanto qualquer que fizer a vontade de Deus esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”

Jesus (Marcos, 3, 35)

“Há, pois, duas espécies de famílias: as famílias pelos laços espirituais e as famílias pelo.laços corporais. Duráveis, as Primeiras se fortalecem pela purificação e se perpetuam no mundo dos Espíritos através das varias migrações da alma; as segundas, frágeis como a matéria, se extinguem com o tempo e, muitas vezes, se dissolvem moralmente já na existência atual.”

(cap. 14, Item 8)

 

 

Parentela — instituto primário de caridade.

Fora do lar, é possível o sossego na consciência, distribuindo as sobras do dinheiro ou do tempo, aliás, com o mérito de quem sabe entesourar a beneficência.

Nada difícil suportar o agressor desconhecido que raramente conseguiremos rever.

Nenhum sacrifício em amparar o doente, largado na rua, a quem não nos vinculamos compromisso direto. Em casa, porém, somos constrangidos ao exercício da assistência constante. Leia Mais…

Publicado por: . | 19 fevereiro, 2019

A Lição da Semente

 

A lição da Sementejoio1

 

Espírito: Neio Lúcio

 

Diante da perplexidade dos ouvintes, falou Jesus, convincente:

— Em verdade, é muito difícil vencer os aflitivos cuidados da vida humana. Para onde se voltem nossos olhos, encontramos a guerra, a incompreensão, a injustiça e o sofrimento. No Templo, que é o Lar do Senhor, comparecem o orgulho e a vaidade nos ricos, o ódio e a revolta nos pobres. Nem sempre é possível trazer o coração puro e limpo, como seria de desejar, porque há espinheiros, lamaçais e serpentes que nos rodeiam. Entretanto, a idéia do Reino Divino é assim como a semente minúscula do trigo. Quase imperceptível é lançada à terra, suportando-lhe o peso e os detritos, mas, se germina, a pressão e as impurezas do solo não lhe paralisam a marcha. Atravessa o chão escuro e, embora dele retire em grande parte o próprio alimento, o seu impulso de procurar a luz de cima é dominante. Leia Mais…

Publicado por: . | 17 fevereiro, 2019

OBREIROS ATENTOS

Obreiros atentoshqdefault.jpg

 

Emmanuel

 

“Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas fazedor da obra, esse tal será bem-aventurado em seus feitos.” – (Tiago, 1:25.)

O discípulo da Boa Nova, que realmente comunga com o Mestre, antes de tudo compreende as obrigações que lhe estão afetas e rende sincero culto à lei de liberdade, ciente de que ele mesmo recolherá nas leiras do mundo o que houver semeado. Sabe que o juiz dará conta do tribunal, que o administrador responderá pela mordomia e que o servo se fará responsabilizado pelo trabalho que lhe foi conferido. Leia Mais…

Publicado por: . | 16 fevereiro, 2019

Na Mediunidade – psicografia de Chico Xavier

Publicado por: . | 14 fevereiro, 2019

No Reino em Construção

No Reino em Construçãosem457_073.jpg

 

Emmanuel

 

“Na casa de meu Pai há muitas moradas; se assim não fosse, já eu vô-lo teria dito, pois me vou para vos preparar o lugar.”

Jesus (João, 14: 2)

“Entretanto, nem todos os Espíritos que encarnam na Terra vão para ai em expiação”.

(Cap. 111, Item 14)

Escutaste o pessimismo que se esmera em procurar as deficiências da Humanidade, como quem se demora deliberadamente nas arestas agressivas do mármore de obra-prima inacabada e costumas dizer que a Terra está perdida.

Observa, porém, as multidões que se esforçam silenciosamente pela santificação do porvir.

Compulsaste as folhas da imprensa, lendo a história do autor de homicídio lamentável e sob a extrema revolta, trouxeste ao labirinto das opiniões contraditórias a tua própria versão do acontecimento, asseverando que estamos todos no teatro do crime. Leia Mais…

Acesse na borda inferior youtube e faça o login para participar do chat, enviando perguntas e comentários

Vídeo disponível após a transmissão

Publicado por: . | 13 fevereiro, 2019

AMA E SERVE

Ama e Servepree de natal

Emmanuel

 

 

 

A grandeza do amor repousa invariavelmente na conjugação do verbo servir.

 

Sem atividade incessante no bem, não conseguiremos derramar os valores do coração.

 

A própria natureza é um livro aberto nesse sentido.

 

Tudo, em torno de nós, é um cântico de trabalho em doações da Eterna Bondade que se evidencia no mundo, de mil modos diferentes em cada instante de nossa vida…

 

Por amar, em nome do Pai Misericordioso,

 

serve o sol, sustentando todas as criaturas; Leia Mais…

Publicado por: . | 11 fevereiro, 2019

O temor da morte – Espírito Hilário Silva

O TEMOR DA MORTE

– Doutor Sales, a sua competência é a nossa esperança. O senhor já operou Paulina por duas vezes… Narciso Meireles pedia o concurso do Dr. Sales Neto, distinto médico, para a mulher que experimentava parto difícil, em vilarejo distante. 

Por que deixaram ficar assim, tão longe? disse o médico, procurando esquivar-se.

A crise apareceu de surpresa…

O senhor prefere o avião? Dez minutos apenas…

Nada disso. Perdi dois amigos de uma só vez na semana passada. Nada de vôo…

Um carro?..

A estrada é péssima. Não soube do desastre havido anteontem?…

Um cavalo, doutor? Arranjo-lhe um cavalo…

Era o que faltava! Não posso expor-me assim…

Que sugere? roga o marido desapontado…

Se quiserem disse o médico, tragam a parturiente aqui, como julgarem melhor. De minha parte, não me arrisco…

Em face da evidente má vontade do médico, o esposo aflito aquiesceu e partiu a galope, em busca do avião teco-teco.

No outro dia, porém, quando a senhora Meireles chegou, abatida, na expectativa da intervenção, a residência do médico operador Doutor Sales estava cheia de gente.

O Dr. Sales Neto, naquela noite, havia morrido, no próprio leito, em consequência de uma trombose.

Pelo Espírito Hilário Silva. Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Livro: Idéias e Ilustrações. Lição nº 38. Página 140.

Publicado por: . | 10 fevereiro, 2019

Se Andarmos na Luz – psicografia de Chico Xavier

Publicado por: . | 9 fevereiro, 2019

Em Torno da Irritação

Em Torno da Irritaçãocasule-psicologia-irritacao.jpg

 

 

Observação estranha, mas fato real. As ocorrências da irritação aparecem muito mais freqüentemente nos caracteres enobrecidos. Espécie de enfermidade da retidão, se a retidão pudesse adoecer.

         A pessoa percebe a grandeza da vida, acorda para a responsabilidade, consagra-se à obrigação e passa a prestigiar disciplina e tempo; adquirindo mais ampla noção do dever, que reconhece precisa exprimir-se irrepreensivelmente executado, supõem-se com mais vasta provisão de direitos. E, por vezes, leva mais longe que o necessário a faculdade de preservá-los e defendê-los, iniciando as primeiras formações de irascibilidade, através da superestimação do próprio valor. Instalado o sentimento de auto importância, a criatura abraça facilmente melindres e mágoas, diante de lutas naturais que considera por incompreensões e ofensas alheias.

         Chegando a esse ponto, as vítimas desse perigoso síndroma, vinculado à patologia da mente, surgem perante os mais íntimos na condição de enfermos prestimosos, amados e evitados, de vez que não se lhes pode ignorar a altura moral e nem adivinhar o momento da explosão. E porque o mau-humor dos espíritos respeitáveis, pelo trabalho que exercem e pela conduta que esposam, dói muito mais que a leviandade de criaturas menos afeitas à dignidade e ao serviço, semelhantes companheiros estimáveis e preciosos são procurados tão-somente em regime de exceção ou postos à margem pela gentileza dos outros, interpretados à conta de amigos temperamentais ou nervosos distintos.

         Examinemos a nós mesmos. Leia Mais…

Publicado por: . | 8 fevereiro, 2019

Reparemos Nossas Mãos

Reparemos Nossas Mãosmãos

 

 

 

Emmanuel

“… Mostrou-lhes as suas mãos…” – (João, 20:20.)

Reaparecendo aos discípulos, depois da morte, eis que Jesus, ao se identificar, lhes deixa ver o corpo ferido, mostrando-lhes destacadamente as mãos…

As mãos que haviam restituído a visão aos cegos, levantado paralíticos, curado enfermos e abençoado velhinhos e crianças, traziam as marcas do sacrifício.

Traspassadas pelos cravos da cruz, lembravam-lhe a suprema renúncia.

As mãos do Divino Trabalhador não recolheram do mundo apenas calos do esforço intensivo na charrua do bem. Receberam feridas sanguinolentas e dolorosas…

O ensinamento recorda-nos a atividade das mãos em todos os recantos do Globo.

O coração inspira.

O cérebro pensa.

As mãos realizam.

Em toda parte, agita-se a vida humana pelas mãos que comandam e obedecem.

Mãos que dirigem, que constroem, que semeiam, que afagam, que ajudam e que ensinam… E mãos que matam, que ferem, que apedrejam, que batem, que incendeiam, que amaldiçoam …

Todos possuímos nas mãos antenas vivas por onde se nos exterioriza a vida espiritual.

Reflete, pois, sobre o que fazes, cada dia. Leia Mais…

Publicado por: . | 8 fevereiro, 2019

Relação entre os Espíritos – Beto Costa

Estudo do LE com Carlos Alberto (Beto Costa) na FEEAK Minas em 07/02/2019

Publicado por: . | 7 fevereiro, 2019

SENTIMENTO, IDEIA E AÇÃO

Sentimento, Ideia e Açãopree de natal

 

 

Emmanuel

 

Adulterar significa tisnar, viciar, mentir. . .

E nenhuma falta dessa espécie é mais lamentável que aquela de nossa deserção diante das Leis de Deus.

**

Não podemos olvidar, por isto, que toda negação do bem começa em nosso íntimo, transformando-se, logo após, em ideia, para exteriorizar-se, em seguida, no campo da ação.

Desse modo, podemos atender à justa autocrítica, analisando as nossas tendências ocultas e retificando os próprios hábitos, compreendendo que os nossos sentimentos fecundam, em nosso prejuízo, os resultados que nos caracterizam a marcha. Leia Mais…

Publicado por: . | 6 fevereiro, 2019

BASTAR-NOS-Á

 Bastar-nos-ámeimei2

 

 

 

MEIMEI

 

Quanto mais conheces, mais te vês. E quanto mais nos vemos, com mais amplitude conseguimos enxergar  os outros.

            Se já alcançaste semelhantes  áreas de discernimento, considera as incompreensões das quais te reconheças objeto, através das lentes interiores que te conferem mais alta visão espiritual.

             Diante de alguém que,

porventura, te fira, recorda as provas que atravessaste, os empeços vencidos, as ilusões superadas e amarguras que já entregaste ao arquivo da memória, com a recomendação de paz  e esquecimento. Leia Mais…

Older Posts »

Categorias