Publicado por: . | 28 junho, 2017

Livre para ser feliz – Estudo (42) Cartas de Paulo

Estudo Romanos 6: 1 a 18 realizado por Carlos Alberto Costa em 28/06/2017

vídeo

áudio

Publicado por: . | 27 junho, 2017

Esperança Constante

Esperança Constante
O pessimismo é uma espécie de taxa pesada e desnecessária sobre o zelo que a responsabilidade nos impõe, induzindo-nos à aflição inútil.
Atenção, sim.
Derrotismo, não.
Para que nos livremos de semelhante flagelo, no campo íntimo, é aconselhável desfixar o pensamento, muitas vezes, colado a detalhes ainda sombrios da estrada evolutiva.
Para que sustente desperto o entendimento, quanto à essa verdade, recordemos as bênçãos que excedem largamente às nossas pequenas e transitórias dificuldades.
É inegável que o materialismo passou a dominar muita gente, perante o avanço tecnológico da atualidade terrestre: contudo existem admiráveis multidões de criaturas, em cujos corações a fé se irradia por facho resplendente, iluminando a construção do
mundo novo.
As enfermidades ainda apresentam quadros tristes nos agrupamentos humanos; no entanto, é justo considerar que a ciência já liquidou várias moléstias, dantes julgadas irreversíveis, anulando-lhes o perigo com a imunização e com as providências adequadas.
Destacam-se muitos empreiteiros da guerra, tumultuando coletividades; todavia, os obreiros da paz se movimentam em todas as direções.
Muitos lares se desorganizam; mas outros muitos se sustentam consolidados no equilíbrio e na educação, mantendo a segurança entre os homens.
Grande número de mulheres se ausentam da maternidade; entretanto, legiões de irmãs abnegadas se revelam fiéis ao mais elevado trabalho feminino no Planeta, guardando-se na condição de mães admiráveis no devotamento ao grupo doméstico.
Os processos de violência aumentam, quase que em toda parte; ampliam-se, porém, as frentes de amor ao próximo que os extinguem.
Anotando as tribulações que se desdobram no Plano Fiasco, não digas que o mundo está perdido.
Enumera as bênçãos de Deus que enxameiam, em torno de ti.
E se atravessas regiões de trevas, que se te afiguram túneis de sofrimento e desolação, nos quais centenas ou milhares de pessoas perderam a noção da luz, é natural que não consigas transformar-te num sol que flameje no caminho para todos, mas podes claramente acender um fósforo de esperança.
Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier- Atenção. IDE

Publicado por: . | 25 junho, 2017

A Visita da Verdade – psicografia de Chico Xavier

Publicado por: . | 24 junho, 2017

Luz e Treva – Estudo (69) Apocalipse

Estudo do Apocalipse 3:9 realizado por Carlos Alberto e Julio César Silva na FEEAK Minas em 24/06/2017

vídeo

áudio

Publicado por: . | 23 junho, 2017

Chico Diálogos e Recordações – Lançamento

Lançamento da Obra Chico Diálogos e Recordações
07/07/2017 O Clarim Matão – SP
15/07/2017 – FEEAK Minas

Publicado por: . | 22 junho, 2017

Como se libertar – Estudo (41) Cartas de Paulo

Estudo realizado por Carlos Alberto B Costa – Romanos 6: 1 a 13, em 21/06/2017

vídeo

áudio

Palestra em áudio com Carlos Alberto Braga realizada no Grupo da fraternidade Espírita Glacus em BH – na noite de 18/06/2017

vídeo

áudio

Publicado por: . | 20 junho, 2017

Chico Diálogos e Recordações – Lançamento

 

Capa

Palestra realizado no Grupo Espírita Corrente de Luz, em BH – MG 28/05/2017
por Carlos Alberto Braga Costa

áudio

Publicado por: . | 11 junho, 2017

Construção íntima – Emmanuel

Se procuras felicidade na Terra, não olvides o mundo de ti mesmo.
Começa por admitir que és um espírito imortal, usufruindo transitoriamente um corpo perecível, mas com a obrigação de tratá-lo, convenientemente, à feição do motorista consciencioso que conduz o próprio carro com equilíbrio e prudência, protegendo-lhe as peças.
Por mais amplo te pareça o fascínio da rebeldia, considera que a tranquilidade não te resguardará a existência, sem o clima do dever cumprido.
Conquanto atendendo, como é natural, às exigências dos encargos que desempenhas, não te prendas a posses, especialmente aquelas que se te façam claramente desnecessárias.
Por muito te consagres aos entes queridos, não te furtes de reconhecer que talvez em maioria tenham eles características psicológicas diferentes das tuas, caminhando, possivelmente para um tipo de existência que nem sempre conseguirás compreender, de imediato.
Auxilia aos outros para o bem, sem mergulhá-los na dependência de tua colaboração.
Em matéria de ligações afetivas, recorda que também aí funciona a Lei de causa e efeito com exatidão, trazendo-te de volta aquilo que deste e aquilo que dás.
Justo entendas que és livre para usar os recursos dessa ou daquela espécie, que te pertençam, mas não te encontras livre dos prejuízos que causes, porventura, aos irmãos do caminho e companheiros de experiência, prejuízos que sempre te reclamarão o resgate justo.
Em suma, a Felicidade tem base na Consciência Tranquila e, por isso mesmo, seja onde for, será ela, em qualquer sentido, determinada pela construção de cada um.

CONSTRUÇÃO ÍNTIMA
Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Hora Certa. Lição nº 14. Página 59.

Publicado por: . | 10 junho, 2017

Misericórdia e merecimento – Apocalipse (68)

Estudo Apocalipse 3: 7 e 8 com Carlos Alberto e Julio Cesar na FEEAK Minas em 10/06/2017

Estudo realizado por Eduardo Mendes na FEEAK Minas em 08/06/2017

vídeo

áudio

Older Posts »

Categorias