Publicado por: . | 12 março, 2007

Irma de Castro Rocha (Meimei)

Meimei

Irma de Castro Rocha, este encantador espírito, ficou conhecida na família espírita como Meimei.
Trata-se de carinhosa expressão familiar adotada pelo casal Arnaldo Rocha1 e Irma de Castro Rocha, a partir da leitura que fizeram do livro Momentos em Pequim, do filósofo chinês Lyn Yutang. Ao final do livro, no glossário, encontram o significado da palavra Meimei – “a noiva bem amada”. Este apelido ficara em segredo entre o casal. Depois de desencarnada, Irma passa a tratar o seu ex-consorte por “Meu Meimei”. Irma de Castro Rocha não foi espírita na acepção da palavra, pois foi criada na Religião Católica. Ela o era, porém, pela prática de alguns princípios da Doutrina Codificada por Allan Kardec, tais como caridade, benevolência, mediunidade (apesar de empírica), além de uma conduta moral ilibada.
Nasceu na cidade de Mateus Leme, Minas Gerais, a 22 de outubro de1922 e desencarnou em Belo Horizonte, em 1º de outubro de 1946. Filha de Adolfo Castro e Mariana Castro, teve quatro irmãos: Carmem, Ruth, Danilo e Alaíde. Aos dois anos de idade sua família transferiu-se para Itaúna – MG. Aos cinco anos ficou órfã de pai. Desde cedo se sobressaiu entre os irmãos por ser uma criança diferente, de beleza e inteligência notáveis. Cursou até o segundo ano normal, sendo destacada aluna.
A infância de Meimei foi a de uma criança pobre. Era extremamente modesta e de espírito elevado. Pura e simples. Adorava crianças e tinha um forte desejo – o de ser mãe, não concretizado porque o casamento durou apenas dois anos e houve o agravamento da moléstia de que era portadora: nefrite crônica, acompanhada de pressão alta e necrose nos rins.
Irma de Castro, na flor de seus 17 anos, tornou-se uma bela morena clara, alta, cabelos negros, ondulados e compridos, grandes olhos negros bastante expressivos e vivazes. Foi nessa época que se tornou grande amiga de Arnaldo Rocha, que viria a ser o seu esposo.
Casaram-se na igreja de São José, matriz de Belo Horizonte. Na saída da igreja, o casal e os convidados viveram uma cena inesquecível. Depararam-se com um mendigo, arrastando-se pelo chão, de forma chocante, sujo, maltrapilho e malcheiroso. Meimei, inesperadamente, volta-se para o andarilho e, sensibilizada pela sua condição, inclina-se, entrega-lhe o buquê, beijando-lhe a testa. Os olhos da noiva ficaram marejados de lágrimas…
Arnaldo Rocha afirma que toda criança que passava por Meimei recebia o cumprimento: “Deus te abençoe”. Havia um filho imaginário. Acontecia vez por outra de Arnaldo chegar do trabalho, sentar-se ao lado de Meimei e ouvir dela a seguinte frase: “Meu bem, você está sentado em cima de meu principezinho”. Meimei tinha a mediunidade muito aflorada, o que, para seu marido, à época, tratava-se de disfunção psíquica. Estes pontos na vida de Meimei retratam os compromissos adquiridos em existência anterior, na corte de Felipe II, ao lado do marido Fernando Álvares de Toledo – o Duque de Alba (Arnaldo Rocha). Nessa época seu nome teria sido Maria Henríquez.
Apesar do pouco tempo de casados, o casal foi muito feliz. Ela tinha muito ciúme do seu “cigano”. Arnaldo Rocha explica que esse cuidado por parte dela era devido ao passado complicado do marido. Chico Xavier explicara que Meimei vinha auxiliando Arnaldo Rocha na caminhada evolutiva há muitos séculos, por isso a sua acuidade em adocicar os momentos mais difíceis e alegrar ainda mais os instantes de ventura.
Na noite da sua desencarnação, Arnaldo Rocha acorda, por volta de duas horas da madrugada, com sua princesa rasgando a camisola e vomitando sangue, devido a um edema agudo de pulmão. O marido sai desesperado em busca de médico, pois não tinham telefone. Ao voltar, encontra-a morta.
A amizade entre o casal, projetando juras de eterno amor, teve início por volta do século VIII a.C. Um general do império Assírio e Babilônico, de nome Beb Alib, ficou conhecendo Mabi, bela princesa, salvando-a da perseguição de um leão faminto. Foi Meimei quem relatou a história, confirmada depois por Chico Xavier e traduzida inconscientemente pelo escritor e ex-presidente da União Espírita Mineira, Camilo Rodrigues Chaves, no livro Semíramis, romance histórico publicado pela editora LAKE, de São Paulo.
Essas reminiscências de Meimei eram tão comuns que, além desse fato contido no livro citado, há, também, uma referência à personagem Blandina (Meimei), no livro Ave, Cristo! Aconteceu da seguinte forma: Chico passou um determinado capítulo do livro para Arnaldo Rocha avaliar. À medida que lia, lágrimas escorriam por suas faces, aos borbotões. Ao final da leitura, Arnaldo disse para Chico: “Já conheço esse trecho!” Chico arrematou: “Meimei lhe contou, né?” Nesse romance de Emmanuel, Blandina teria sido filha de Taciano Varro (Arnaldo Rocha), definindo a necessidade do reencontro de corações com vista à evolução espiritual.
Através da mediunidade de Chico Xavier, muitas outras informações chegaram ao coração de Arnaldo sobre a trajetória espiritual de Meimei. À guisa de aprendizado, Arnaldo foi anotando essas informações e trabalhando, em foro de imortalidade, aspectos de seu burilamento.
Meimei tinha a mediunidade clarividente, conversava com os espíritos e relembrava cenas do passado. Era comum ver Meimei, por exemplo, lendo um livro e, de repente, ficar com o olhar perdido no tempo. Nesses instantes, Arnaldo olhava de soslaio e pensava: “Está delirando”. Algumas vezes ela afirmava: “Naldinho, vejo cenas, e nós estamos dentro delas; aconteceu em determinada época na cidade…”. Arnaldo, à época materialista, não sabendo como lidar com esses assuntos, cortava o diálogo, afirmando: “Deixa isso de lado, pois quem morre deixa de existir”.
Em seus últimos dias terrenos, nos momentos de ternura entre o casal apaixonado, apesar do sofrimento  decorrente da doença, Meimei tratava Arnaldo como “Sr. Duque” e pedia que ele a chamasse de “minha Pilarzinha”. Achando curioso o pedido, Arnaldo perguntou o motivo e recebeu uma resposta que, para ele, era mais uma de suas fantasias: “Naldinho, esse era o modo de tratamento de um casal que viveu na Espanha no século XVI. O esposo chamava-se Duque de Alba e a sua esposa, Maria Henríquez”. Embevecido com a mente criativa na arte de teatralizar da querida esposa, entrava na brincadeira deixando de lado as excessivas perquirições.
Apresentamos esse ângulo da vida de Meimei para suscitar reflexões acerca do progresso espiritual por ela engendrado em suas diversas reencarnações – das quais citamos apenas algumas –, e que conduziram nossa querida amiga Meimei ao belo trabalho realizado em prol da divulgação da Doutrina Espírita, no Mundo Espiritual, aproveitando as vinculações afetivas com aqueles corações que permaneceram no plano terreno.
Em seus derradeiros dias de vida terrena, Meimei começou a ter visões. Ela falava da avó Mariana, que vinha visitá-la e que em breve iria levá-la para viajar pela Alba dos céus. Depois de muitos anos veio a confirmação através de Chico Xavier. Arnaldo recebe do médium amigo, em primeira mão, o livro Entre a Terra e o Céu, ditado por André Luiz, no qual encontra uma trabalhadora do Mundo Espiritual – Blandina – vivendo no Lar da Bênção, junto com sua Vovó Mariana, cuidando de crianças. Em determinado trecho, Blandina revela um pouco da sua vida terrena junto ao consorte amado.
Arnaldo Rocha narra um fato muito importante no redirecionamento de sua vida. No romance “Ave, Cristo!”, que se desenvolve na antiga Gália Lugdunense, encontra-se um diálogo entre os personagens Taciano Varro (Arnaldo Rocha) e Lívia (Chico Xavier), no qual as notas do Evangelho sublimam as aspirações humanas. Lívia consola Taciano, afirmando que “no futuro encontrar-nos-emos em Blandina”. Essa profecia realizou-se mais ou menos 1600 anos depois, na Avenida Santos Dumont, em Belo Horizonte, no encontro “casual” entre Arnaldo Rocha e Chico Xavier, após o qual Arnaldo Rocha, materialista convicto, deixa cair as escamas que lhe toldavam a visão espiritual.
Graças à amizade fraterna entre Arnaldo Rocha e Francisco Cândido Xavier, reconstituída pelo encontro “acidental” na Av. Santos Dumont, a história de amor entre Meimei e Arnaldo manteve-se como farol a iluminar a vida dele, agora em bases do Evangelho, que é o roteiro revelador do Amor Eterno.
Depois daquele encontro, que marcou o cumprimento da profecia de Lívia e Taciano Varro, Arnaldo, o jovem incauto e materialista, recebeu consolo para suas dores; presentes do céu foram materializados para dirimir sua solidão; pelas evidências do sobrenatural, incentivos nasceram para o estudo da Doutrina Espírita, surgindo, por conseqüência, novos amigos que indicaram ao jovem viúvo um caminho diferente das conquistas na Terra.
Passando a viajar permanentemente a Pedro Leopoldo, berço da simplicidade da família Xavier, recebeu de Meimei, sua querida esposa, as mais belas missivas através da psicografia e da clarividência de Chico Xavier.
Faltam-nos palavras para expressar nossa ternura e respeito ao espírito Meimei que, por mais de seis décadas, tem inspirado os espíritas a seguir o Caminho, e a Verdade e a Vida Eterna.
Ao finalizar este singelo preito de gratidão a Irma de Castro Rocha, a doce Meimei das criancinhas, lembramos o pensamento do Benfeitor Emmanuel, que sintetiza a amizade dos trabalhadores do Espiritismo Evangélico em todo o Brasil com o Espírito Meimei: um verdadeiro “sol que ilumina os tristes na senda da dor. Meimei, amor…”.

Carlos Alberto Braga Costa

1 – Arnaldo Rocha, ex-consorte de Meimei, é trabalhador e conselheiro da União Espírita Mineira desde 1946. Amigo inseparável de Chico Xavier. Organizador dos livros Instruções Psicofônicas e Vozes do Grande Além, FEB. Co-autor do livro “Chico, Diálogos e Recordações”, UEM.

(Extraído do Jornal O Espírita Mineiro – janeiro/fevereiro de 2007 – Órgão de Divulgação da União Espírita Mineira)


Responses

  1. Parabéns pelo belo relato aqui exposto. Isto nos ajuda quando precisamos pesquisar. De maneira simples mas objetiva, voçês colocaram este resumo que me ajudou a conhecer um pouco mais sobre Meimei.
    Que Deus abençoe a todos
    Um abraço
    Soraya

  2. Obrigado pela oportunidade…pela informação aqui contida…pela sensibilidade das palavras…por diminuir minha ignorância…pela facilidade que esses tempos modernos nos trazem em resgatar fatos que não devem ser apagados de nossas mentes. Que todo esse trabalho continue dispertando a curiosidade das pessoas.Felicidades a todos…e que saudade da pessoa Chico Xavier…aquela saudade boa de imagem pura, digna e caridosa…ficou gravado nas nossas vidas e nas que ainda virão. Carla.

  3. Ei vi Meimei e nem sabia quem era. Sempre sonho com uma moça morena, perfumada e que me ajudava.
    Tive câncer no rim… Esta noite sonhei que chamava por Meimei era esta moça descrita acima ela ajudava-me mais meu melhor amigo.
    Obrigada Jesus por me dá esperança de vida através da luz de Meimei.

  4. Agradeço sinceramente a intuição de procurar conhecer um pouco da vida de Meimei, cuja luz tem nos iluminado o caminho a percorrer com amor e gratidão.

  5. Em 15 de dezembro de 1986 quando de uma das minhas sessões de desobssesão, recebi da médium Valcélia, uma das “trabalhadoras” daquela tarde, por escrito, a mensagem que aqui transcrevo, assinada por Meimei.
    “Caro irmão,
    Tenha paciência, pois na vida tudo nos chega conforme o nosso merecimento e a vontade do Pai. Muita prece e muita esperança,porque sem ela ninguem conseguiria viver. Tudo deverá ser estabilizado no seu devido tempo. A sua paciência e persistência está sendo provada.
    Que Deus o abençoe, o iluminando e guardando é o que pedimos. Meimei” 15/12/86

  6. Agradeço pelas valiosas informações aqui relatadas. As mesmas foram de suma importância para conhecermos um pouco mais sobre a história desse nobre espírito chamado Meimei e seu envolvimento com o nosso inesquecível e admirável médium Francisco Cândido Xavier.Fico imaginando quantas maravilhas esses dois espíritos estão realizando em nosso benefício e no mundo espiritual.Deixo aqui o nosso eterno agradecimento e que a PAZ de DEUS esteja com todos.

  7. o senhor ARNALDO ROCHA ainda é encarnado?

    • Prezada Vanessa,

      O nosso querido Arnaldo Rocha é encarnado e já conta mais de 80 anos.

      Fraternalmente,

      A coordenação do blog

    • Arnaldo Rocha, está encarnado e trabalhando, está com 88 anos e tive a felicidade de abraça-lo em Brasília no Congresso Espírita!

  8. RECEBI UMA LINDA MENSAGEM DE MEIMEI.
    NÃO SABIA QUEM ERA.
    PROCUREI NO GOOGLE E FIQUEI ENCANTADA COM O QUE LI.

    AGRADEÇO A DEUS E A VOCÊS POR ESSA BENÇÃO DE OPORTUNIDADES.

    ABRAÇOS, ANNA

  9. Amei conhecer um pouco mais de Meimei e ,principalmente, sobre este tema fascinante, irrefutável, inevitável, um dos princípios básicos da Doutrina Espírita — “reencarnação”. Parabéns pelo presente que nos foi ofertado e muitíssimo obrigado.Muita paz.

  10. Prezada Dirce, agradecemos sensibilizados suas palavras de carinho. Que Jesus continue nos abençoando.

  11. Como essa histórias de amor nos dão força para sempre continuarmos a trilhar pelos caminhos do bem, pois, em que pese alguns momentos difícieis, a que alguns de nós nos propomos a fim de adquirir mais um pouco de experiência, os sentimentos, quando verdadeiros atravessa séculos, milênios e perduram por toda a eternidade nos auxiliando na evolução.

  12. Fiquei muito feliz em saber um pouco mais a respeito desse benfeitor espiritual Meimei , tenho pedido sempre conselhos e tenho certeza que sou sempre atendido.
    Peço a Deus que o ilumine sempre e que esse benfeitor amigo também nos aconselhe fortalecendo a nossa jornada.
    Abraços fraternos a todos

    • Em, 21/03/2013

      Querida Meimei,
      Agradeço por estar sempre ao meu lado me aconselhando e fortalecendo a minha fé.
      Que Deus nosso Pai, abencoe a todos.
      Wilson Guilherme

  13. O Sr Arnaldo Rocha ainda permanece entre nós? Alguém poderá dar notícias do mesmo?

    • Sim, graças a Deus Arnaldo Rocha ainda está muito atuante entre nós.

  14. Fiquei surpreso com o nome do esposo Meimei, por o mesmo meu, contudo achei fantástico com a história de viva dela, sou professor e minha esposa(Zene) tambem é professora na nossa propriedade rural onde cuidamos de uma escola da qual Zene é professora. E que Meimei possa nos ajudar na nossa empreitada. Abraços

  15. Hoje falei em Meimei para minha irmã, pela semelhança dela com este espirito.Tem semelhança pela maneira de pentear o cabelo pelos olhos ternos e tristes e pela bondade que irradia, nasceu em Outubro, e é muito católica… Nunca quis casar, hoje cuida de minha querida mãe que está com 99 anos e padece em cima de uma cama com osteoporose. A coincidência maior, vi agora lendo a biografia de Meimei, minha mãe chama-se Alaide, o nome de uma de suas irmãs. Tenho vários artigos escritos por Meimei, que me faz muito bem, lê-los. Nunca tive curiosidade de saber quem foi Meimei,sabia que era um espirito muito iluminado, porém hoje depois que minha irmã saiu de minha casa, fui pesquizar sua biografia, e vi nela muitas coincidências… Se gostava de Meimei, pela fraternidade de seus escritos, fiquei gostando muito mais, depois que li sua biografia.
    Viveu muito pouco entre nós mas deixou um legado de muito amor e fraternidade.
    Que ela nos dê sempre Luz.

  16. Agradeço pelas valiosíssimas informações aqui relatadas. As mesmas foram de uma importância impar para eu conhecer a história desse nobre espírito chamado Meimei. Ingressei no espiritismo a pouco tempo e estou procurando me informar sobre esses espíritos de luz que nos auxiliam na nossa evolução. Foi muito bom saber do seu envolvimento com o nosso inesquecível e admirável médium Chico Xavier. Deixo aqui o meu eterno agradecimento e que a pz de Jesus esteja com todos

  17. Amo muito a Meimei e agradeço pelas informações tão valiosas q foram prestadas.Confesso q minhas lágrimas cairam de alegria de poder estar lendo algo sobre a vida de Meimei.Agradeço pela oportunidade e pelos dados fornecidos.Amo o mundo…Meu desejo é aprender cada vez mais.Obrigada..muito obrigada.Que Jesus nos ilumine sempre!!

    jesus

  18. Trabalho num Centro Espirita. Fazemos enxovaizinhos para doar a bebês recém nascidos.Meimei está no meu orkut em comunidades. Mas, não conhecia a biografia dela. Esta noite sonhei com uma criança. De manhã ao pegar um prospecto com algumas obras ditadas pelo espírito de Meimei verifiquei que ela escreveu para crianças. Tive ímpeto , no mesmo instante de conhecer algo sobre ela. Fiquei emocionada ao verificar o amor dela pelas crianças. ” A Doce Meimei das Criancinhas “. Senti que posso pedir a Deus que permita que a doce Meimei nos dê proteção em nosso trabalho voltado aos bebês e tenho certeza de que ela estará nos amparando.

  19. desde pequena sempre vejo uma moça linda e ela sempre deixa recados lindos em meus pensamentos , até que dia em meus pensamentos vejo está moça ..hoje trabalho em um centro em rio verde GO , LINDAS leituras eu faço lá e fiquei muito surpresa quando escutei este nome MEIMEI ..mas só tenho a agradecer

  20. e se ela quem está me ajudando em minha empreitada eu agradeço e pesso a DEUS cada dia mas e mas sebedoria …só tenho agradecer

  21. Que maravilha,ouvir falar deste espirito,que eu com muito,carinho convivo,não esculto as mensagens deixadas por ela,na casa dos guereiros da paz,casa de meimei,sou felizarda,por isso agradeço a Deus todos os dias de minha vida,por ter comhecido esse grupo,que tem mim feito creser,muito obrigado a todos os espiritos da casa de meimei.

  22. Meimei é uma Luz da Divina Providência. Uma serva incansável nas vinhas do Senhor Jesus de Nazaré. Obrigado Jesus por Meimei. Amém.

  23. Meimei, mentora de Nossa Casa!!!! Gostaria de saber se existe outro retrato de Neinei!

  24. Feliz por ter lido a biografia de alguém tão doce,iluminada de paz,amor e fraternidade! Que Meimei nos ilumine no mundo espiritual e que emane sua luz sobre as crianças de todo o planeta! Amém Jesus. Graças a Deus.

  25. não conhecia o nome meimei até janeiro deste ano. obrigada por esclarecer-me a respeito deste espirito tão luminoso.

  26. AMO UMA PESSOA IGUAL A MEIMEI AMOU ARNALDO,MAS AINDA LUTO POR ELE. PEÇO A MEMEI QUE ME AJUDE E QUE EU POSSA TÊ LO DE NOVO. POIS O MESMO É O MEU GRANDE AMOR.

  27. Quero dividir com os amigos admiradores, assim como eu, de Meimei, um livro cujo tema é: MEIMEI VIDA E MENSAGEM dos autores : Arnaldo Rocha/Chico Xavier/Wallace Leal Rodrigues. Maravilhoso !!!!!
    abraços fraternos e bôa leitura.

  28. Um exemplo de Espirito Iluminado MEIMEI, peço sua ajuda para iluminar as mentes do governantes para terem piedade dos pobres.
    Uma pergunta: o nosso Amigo Chico já enviou mensagens do Plano espiritual de onde com certeza está morando.

  29. Nunca tinha antes ouvido falar de MEIMEI, até que em sonho vi uma Senhora – mesmo semblante da foto acima exibida – participando do que julguei ser uma sessão religiosa – questionei com um dos participantes a respeito do nome daquela pessoa em especial, e responderam-me : “AQUELA ALÍ É A MEIMEI”. Ao despertar lembrei-me nitidamente do que havia sonhado e resolvi explorar na “internet” sobre a existência de alguma resposta. Primeiramente digitei MAIMAI, depois MAYMAY, até que … Mesmo não sendo Espírita , daí em diante entreguei a ela um lugar especial dentro do meu coração,

  30. Quero indicar um livro infantil maravilhoso,principalmente para as evangelizadoras e tambem para as crianças amantes de uma boa leitura. Chama-se ” A VISÂO DE JOAQUINA” e é de autoria da própria MEIMEI.Tem me servido em aulas inesquecíveis. Tenho grande admiração e gratidão por esse espirito,pois ele tem auxiliado muito a minha netinha que tem dois aninhos e nasceu com sindrome de Patal .Que Jesus ilumine cada vez mais esse espirito para que ele continue a distribuir com todos esse grande amor do seu coração . (Vou usar o Email de minha filha pois ainda não possuo o meu)

  31. Estava fazendo oraçaõ por minha neta, Maria Clara e ouvi que MEIMEI é sua mentora espitual. É possivel? Quando ela estava sendo gerada eu por muitas vezes presenciei a preparação do espírito que encarnou, via os amigos do plano espiritual conversando com ele( ela). /hoje faz 02 meses que ela está conosco.

    Abraços fraternos,

    Nereide

  32. Que linda história de Meimei.Isso faz com mais do que nunca, tenhamos a certeza que a rencarnação existe e nas várias oportunidades que nos são oferecidas possamo realizar sempre o melhor,pois a cada vez o Pai nos oferta oportunidade de buscar o nosso melhor. Que a doce Meimei continue nos auxiliando nos trabalhos de educação dos espíritos na infância.
    Abraçosfraternos.
    Leni

  33. Sou eternemante agradecido a MeiMei, ela quem recebeu meu filho Tiago no plano espiritual, tenho enorme gratidão a esta irmã benfeitora.
    Que Deus a ilumine cada vez mais.

  34. estive orando de manhã para meus familiares e veio Meimei em minha cabeça. Mais tarde minha irmã em outro local orava por nossa família e também veio em sua cabeça a presença dela. Ficamos contente por saber que ela estava entre nós. Que Deus a abençõe por olhar por nós.

  35. que bom, gostaria de conhecê-lo.

  36. Obrigado por esse grande e maravilhoso presente,a Meimei é muito especial pra mim!

  37. Temos um grupo de amigos que se reunem na primeira segunda-feira de cada mês estudamos a doutrina espírita e surgiu a idéia de cada um falar de um espírito que foi e é importante pra doutrina.Surgiram vários nomes um deles o de meimei,sabia muito pouco dela quando comecei a pesquisar fiquei cada vez mais encantada. Deixo aqui o meu profundo agradecimento aos irmãos responsaveis pelo blog. Que deus de amor e bondade continue a abençoá-los a doce e iluminada Meimei meu respeito e amor eterno.

  38. Graças a vocês consegui saber mais sobre Memei. Obrigada. Que Deus os abençoe.

  39. Espírito gracioso, que com doçura e amabilidade nos deixa preciosas lições de respeito, carinho e resignação… Obrigado Meimei. Elídia.

  40. Não sei nem o que escrever de tao emocionada que estou. Peço a Meimei que me ensine como ser uma boa mae para meus pequenos. Queria ter conhecido o Chico pessoalmente, ter podido ver ele, puxa vida…bom agora chega de chorar que tenho muito trabalho… abraços

  41. saber mais sobre meimei foi maravilhoso, edificante, gostaria se possivel ve-la em sonho e conversar com ela . Que Deus a ilumine cada vez mais.

  42. Neste mes de outubro a creche Meimei da FEESP, faz 12 anos de vida me pediram para escrever alguma coisa sobre a Meimei. Tive o grato prazer de ir ao seu site, que Jesus ilumine vcs no seu caminho de amor.

  43. Maravilha, enriquesse qualquer mente que pretenda
    se aprofundar nos conhecimentos da doutina espírita.
    Muito obrigado, Mário Galdino.
    .

  44. Entrei para saber sobre quem foi Meimei, pois me encontrava perdida e fui parar em uma casa espirita chamada Meimei. E me deparei com sua historia de vida, que esta me dando forças para aceitar e aprofundar meus conhecimentos no Kardecismo. Muito obrigada por mais este ensinamento.

  45. Moro em Mateus Leme, MG, terra onde Irma de Castro nasceu.
    Nossa casa espírita – Grupo Espírita Meimei- está fazendo 30 anos de existência.
    Pesquisando um pouco mais sobre Meimei para minha aula de evangelização, fiquei maravilhada com as notícias dela através de Arnaldo Rocha, seu marido quando encarnada…Hoje ele tbm no plano espiritual.
    Agradeço aos organizadores desta biografia da nossa querida Meimei.

    • Que festa luz. Tivemos a oportunidade de falar sobre a Amiga Espiritual em um dos aniversários. Para nós foi inesquecível. sds Beto Costa

  46. Parabens pelo texto pela mensagem e pelo ensino Meimei onde estiveres esteja a nos ajudar com tua docilidade obrigado

    • Obrigada por mais esta informacão,  gosto de ouvir e falar sobre Meimei  sou uma das trabalhadoras de Meimei.

  47. Fico muito grato por conhecer algo sobre as vidas de Meimei, este espírito tão iluminado que deixou seu legado de amor e caridade na passagem pela vida terrena. Estou passando por uma experiência com minha netinha de 7 anos que não quis mais frequentar as aulas. Começando o mês de novembro, o ano letivo terminando e ela correndo o risco de reprovar. A mudamos de escola hoje, com a ajuda de Meimei, ela voltou muito feliz para casa. Que Deus, com a sua infinita misericórdia ilumine sempre Meimei.

  48. Que alegria conhecer a linda história de Meimei. Estamos estudando o livro “Instruções Psicofônicas” de Chico Xavier onde o segundo texto é do espírito de Luz Meimei. Fui encarregada de pesquisar sobre este venerável espírito e eis que me surpreendo ao saber que está tão próxima de nós a sua abnegada história de vida. Leio as histórias de seu livro “Pai Nosso” para meus filhos e me encanto con a sua bondade e sabedoria. Obrigada Deus por permitir que espíritos iluminados como Meimei nos auxiliam com tanto amor.

  49. Parabéns pelo relato esclarecedor e por ter nos oportunizando a lê-lo.Nosso abraço fraterno.!

  50. Boa tarde hoje fui operada por dr. Ana Lucia de Castro , no centro espirita Tuoyara alguém por favor sabe me dizer quem é?

  51. Parabéns pela historia e a prova que o amor é imensurável.

  52. Gratidão por conhecer a história de Meimei.Que bela alma!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias