Publicado por: . | 3 agosto, 2016

Agradeço Senhor – Espírito Maria Dolores

AGRADEÇO SENHOR

Agradeço Senhor…
Quando me dizes “não”
Às súplicas indébitas que faço, mãos unindas
Através da oração.

Muitas daquelas dádivas que peço,
Estima, concessão, posse, prazer,
Em meu caso talvez fossem espinhos,
Na senda que me deste a percorrer.

De outras vezes, imploro-te favores,
Entre lamentação, choro, barulho,
Mero capricho, simples algazarra,
Que me escapam do orgulho…

Existem privilégios que desejo,
Reclamando-te o “sim”,
Que, se me florescem na existência,
Seriam desvantagens contra mim.

Em muitas circunstâncias, rogo afeto,
Sem achar companhia em qualquer parte,
Quando me dás a solidão por guia
Que me inspire a buscar-te.

Ensina-me que estou no lugar certo,
Que a ninguém me ligaste de improviso,
E que desfruto agora o melhor tempo
De melhorar-me em tudo o que preciso.

Não me escutes as exigências loucas,
Faze-me perceber
Que alcançarei além do necessário,
Se cumprir o meu dever.

Agradeço Meu Deus,
Quando me dizes “não” com teu amor,
E sempre que te rogue o que não deva,
Não me atendas, Senhor!…

Pelo Espírito Maria Dolores. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Poetas Redivivos. Lição nº 86. Página 122.


Responses

  1. Na delicadeza de seus versos, este espírito tão querido, da-nos uma receita simples de sermos felizes, mas ainda espíritos devedores não sabemos esperar e muito menos pedir. A eternidade é logo ali… basta que tenhamos paciência, que saibamos esperar.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias