Publicado por: . | 8 julho, 2019

Diferença entre religião e religiões – com a palavra Emmanuel

O TÓXICO DO INTELECTUALISMO


Nos tempos modernos, mentalidades existem que pugnam pelo desaparecimento das
noções religiosas do coração dos homens, saturadas do cientificismo do século e
trabalhadas por idéias excêntricas, sem perceberem as graves responsabilidades dos
seus labores intelectuais, porquanto hão de colher o fruto amargo das sementes que
plantaram nas almas jovens e indecisas. Pede-se uma educação sem Deus, o
aniquilamento da fé, o afastamento das esperanças numa outra vida, a morte da crença
nos poderes de uma providência estranha aos homens. Essa tarefa é inútil. Os que se
abalançam a sugerir semelhantes empresas podem ser dignos de respeito e admiração,
quando se destacam por seus méritos científicos, mas assemelham-se a alguém que
tivesse a fortuna de obter um oásis entre imensos desertos. Confortados e satisfeitos na
sua felicidade ocasional, não vêem as caravanas inumeráveis de infelizes, cheias de sede
e fome, transitando sobre as areias ardentes.
EXPERIÊNCIA QUE FRACASSARIA
O sentimento religioso é a base de todas as civilizações. Preconiza-se uma educação
pela inteligência, concedendo-se liberdade aos impulsos naturais do homem. A
experiência fracassaria. É ocioso acrescentar que me refiro aqui à moral religiosa, que
deverá inspirar a formação do caráter e do instituto da família e não ao sectarismo do
círculo estreito das Igrejas terrestres, que costumam envenenar, aí no mundo, o ambiente
das escolas públicas, onde deverá prevalecer sempre o mais largo critério de liberdade de
pensamento. Falo do lar e do mundo íntimo dos corações.
No dia em que a evolução dispensar o concurso religiosos para a solução dos grandes
problemas educativos da alma do homem, a Humanidade inteira estará integrada na
religião, que é a própria verdade, encontrando-se unida a Deus, pela Fé e pela Ciência
então irmanadas.
A FALIBILIDADE HUMANA
Em cada século o progresso científico renova a sua concepção acerca dos mais
importantes problemas da vida.
Raramente os verdadeiros sábios são compreendidos por seus contemporâneos. Se as
contradições dos estudiosos são o sinal de que a Ciência evolve sempre, elas atestam,
igualmente, a fraqueza e inconsistência dos seus conhecimentos e a falibilidade humana.
O SUBLIME LEGADO
Diz-se que o pensamento religioso é uma ilusão. Tal afirmativa carece de fundamento.
Nenhuma teoria científica, nenhum sistema político, nenhum programa de reeducação
pode roubar do mundo a idéias de Deus e da imortalidade do ser, inatas no coração dos
homens. As ideologias novas também não conseguirão eliminá-la.
A religião viverá entre as criaturas, instruindo e consolando, como um sublime legado.
RELIGIÃO E RELIGIÕES
O que se faz preciso, em vossa época, é estabelecer a diferença entre religião e religiões.
A religião é o sentimento divino que prende o homem ao Criador. As religiões são
organizações dos homens, falíveis e imperfeitas como eles próprios; dignas de todo o
acatamento pelo sopro de inspiração superior que as faz surgir, são como gotas de
orvalho celeste, misturadas com os elementos da terra em que caíram. Muitas delas,
porém, estão desviadas do bom caminho pelo interesse criminoso e pela ambição
lamentável dos seus expositores; mas a verdade um dia brilhará para todos, sem
necessitar da cooperação de nenhum homem.

Livro: Emmanuel. F.C.Xavier


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Categorias