Publicado por: . | 16 julho, 2021

MURALHA DO TEMPO – DICA LEGAL

🇧🇷 📺 TV GÊNESE

📡 APRESENTA: GÊNESE NO LAR – #GNL378

TEMA: MURALHA DO TEMPO

📲 Apresentação: Carlos Alberto Braga Costa – 16/07/2021 Gênese no Lar neste vídeo abordou aspectos da evolução da Humanidade com vistas ao grande futuro. Este advento foi antevisto por Jesus, esclarecido na atualidade por Allan Kardec. Venha participar diariamente das reflexões. Fonte: A Gênese – Capítulos, XVIII – item 30- Allan Kardec O Espírito da Verdade – Emmanuel – lição 14 – F C Xavier


14 — Muralha do tempo

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO — Cap. XVIII — Item 3

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta que conduz à perdição.” — JESUS (Mateus, 7:13)

1 Em nos referindo a semelhante afirmativa do Mestre, não nos esqueçamos de que toda porta constitui passagem incrustada em qualquer construção, a separar dois lugares, facultando livre curso entre eles.

2 Porta, desse modo, é peça arquitetônica encontradiça em paredes, muralhas e veículos, permitindo, em todos os casos, franco passadouro.

3 E as portas referidas por Jesus, a que estrutura se entrosam?

4 Sem dúvida, a porta estreita e a porta larga pertencem à muralha do tempo, situada à frente de todos nós.

5 A porta estreita revela o acerto espiritual que nos permite marchar na senda evolutiva, com o justo aproveitamento das horas.

6 A porta larga expressa-nos o desequilíbrio interior, com que somos forçados à dor da reparação, com lastimáveis perdas de tempo.

7 Aquém da muralha, o passado e o presente.

8 Além da muralha, o futuro e a eternidade.

9 De cá, a sementeira do “hoje”.

10 De lá, a colheita do “amanhã”.

11 A travessia de uma das portas é ação compulsória para todas as criaturas.

12 Porta larga — entrada na ilusão —, saída pelo reajuste…

13 Porta estreita — saída do erro —, entrada na renovação…

14 O momento atual é de escolha da porta, estreita ou larga.

15 Os minutos apresentam valores particulares, conforme atravessemos a muralha, pela porta do serviço e da dificuldade ou através da porta dos caprichos enganadores.

16 Examina, por tua vez, qual a passagem que eleges por teus atos comuns, na existência que se desenrola, momento a momento.

17 Por milênios, temos sido viajores do tempo a ir e vir pela porta larga, nos círculos de viciação que forjamos para nós mesmos, engodados na autoridade transitória e na posse amoedada, na beleza física e na egolatria aviltante.

18 Renovemo-nos, pois, em Cristo, seguindo-o, nas abençoadas lições da porta estreita, a bendizer os empecilhos da marcha, conservando alegria e esperança na conversão do tempo em dádivas da Felicidade Maior.
. Emmanuel


(Psicografia de Waldo Vieira) O Espírito da Verdade


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Categorias