Publicado por: . | 8 dezembro, 2021

NA VITÓRIA REAL – EVANGELHO DA MANHÃ

GÊNESE NO LAR

Fraternidade de Estudos Allan Kardec está convidando você para acessar

TV GÊNESE

🙋⌚ 📽️ 🎙️ 📲 Hora 7:10 – 09 de Dezembro 2021_Quinta-feira

😘Tópico: GÊNESE NO LAR n°477                                                                                                                                                                    

  📚 📜 – TEMA: NA VITÓRIA REAL

FONTE: 

Palavras de V Eterna – 136 – Emmanuel – F C Xavier                                        

Evangelho S Espiritismo –  Capítulo VI – item 7 – Allan Kardec

👉 Facilitador: Carlos Alberto Braga Costa

👁️                                                                 

👇🖥️📺📡 

INSTRUÇÕES DOS ESPÍRITOS

Chegada do Espírito de Verdade

7- Sou o grande médico das almas e venho trazer-vos o remédio que deve curá-las. Os fracos, os
sofredores e os enfermos são os meus filhos prediletos e venho salvá-los.
Venham a mim, todos os que sofrem e que estão sobrecarregados e serão aliviados e consolados. Não
procurem aí em baixo a força e o consolo porque o mundo é impotente para dá-las.


Deus dirige um apelo supremo aos vossos corações através do espiritismo: escutai-o. Que a impiedade,
a mentira, o erro, a incredulidade, sejam retirados das vossas almas magoadas. São esses os monstros que
matam a sede com o vosso sangue mais puro e que vos vibram golpes quase sempre mortais.
No futuro, humildes e submissos ao Criador, praticai a sua divina lei. Amai e orai.
Sede dóceis aos Espíritos do Senhor. Invocai-o do fundo do coração. Então, Ele vos enviará o seu Filho
bem-amado para vos ensinar e vos dizer estas belas palavras: Aqui estou; venho porque me chamastes!

Espírito de Verdade / Bordéus, 1861

Evangelho S Espiritismo –  Capítulo VI – item 7 – Allan Kardec

136 – NA VITÓRIA REAL


“Tende bom ânimo; eu venci o mundo”.

Jesus (JOÃO 16:33)


É importante enumerar algumas das circunstâncias difíceis em que se encontrava
Jesus, quando asseverou perante os discípulos: “tende bom ânimo; eu venci o mundo”.
Ele era alguém que, na conceituação do mundo, não passava de vencido vulgar.
Sabia-se no momento de entrar em amarga solidão.
Confessava que fora incompreendido pelos homens aos quais se propusera servir.
Não ignorava que os adversários lhe haviam assaltado a comunidade em formação,
através de um amigo invigilante.
Dirigia-se aos companheiros, anunciando que eles próprios seriam dispersos.
Falava, sem rebuços, da flagelação de que seria vítima.
Via-se malquisto pela maioria, perseguido, traído.
Não desconhecia que lhe envenenavam as intenções.
Certificara-se de que as pessoas mais altamente colocadas eram as primeiras a
examinar o melhor processo de confundi-lo.
Percebera o ódio de que se tornara objeto, principalmente por parte daqueles que
pretendiam açambarcar o nome de Deus, a serviço de interesses inferiores.
Reconhecia-se a poucos passos da morte, a que se inclinaria, condenado sem
culpa.
Entretanto ele dizia: “tende bom ânimo; eu venci o mundo”.
Quanto te encontres em crise, lembra-te do Mestre.
Subjugado, seria o conquistador inesquecível.
Batido, passaria à condição de senhor da vitória.
Assim ocorre, porque os construtores do aperfeiçoamento espiritual não estão na
Terra para vencer no mundo, mas notadamente para vencer o mundo, em si mesmos, de
modo a servirem ao mundo, sempre mais, e melhor.

Palavras de V Eterna – 136 – Emmanuel – F C Xavier                                        


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Categorias

%d blogueiros gostam disto: