Realizado em 24/11/2018, por Carlos Alberto Braga Costa na FEEAK Minas

I Parte 

Materialismo X Espiritualismo – I Parte – Seminário Teoria Moral Espírita

 

II Parte
A Moral Espírita – II Parte – Seminário Teoria Moral Espírita

Publicado por: . | 24 novembro, 2018

ENTENDIMENTO   ESPIRITUAL

Entendimento EspiritualsolvitaD

Emmanuel

 

 

 

” Então, abriu-lhes o entendimento para compreenderem as

Escrituras”. – Lucas: 24-45

 

Em geral, encontram-se queixosos em todos os núcleos de atividade cristã, alegando dificuldades para o justo entendimento do Evangelho.

Alguns leem os versículos mais simples, devoram os capítulos mais belos e permanecem atônitos, surpreendidos.

Por que lhes indicaria a fonte evangélica, se as palavras dos textos diferem tanto de sua situação? Perguntam eles.

Sentem-se desiludidos, atordoados de incompreensão.

Entretanto, o fenômeno deriva-se do jogo de experiências e nada mais.

É indispensável insistir sempre às portas do entendimento.

Há frases e textos difíceis? Leia Mais…

Publicado por: . | 23 novembro, 2018

EDUCANDÁRIO DE LUZ

Educandário de Luzorai_vigiai

Emmanuel

 

Ninguém se reconheceria fora da paciência e do amor que Jesus nos legou, se todos frequentássemos a universidade da beneficência, cujos institutos de orientação funcionam, quase sempre nas áreas da retaguarda.

Aí, nos recintos da penúria, as lições são administradas, ao vivo, através das aulas inumeráveis do sofrimento.

***

Tanto quanto possas e, mais demoradamente nos dias de aflição, quando tudo te pareça convite ao desalento, procura experiência e compreensão nessa escola bendita, alicerçada em necessidades e lágrimas.

***

Se contratempos te ferem nos assuntos humanos, visita os irmãos enfermos, segregados no hospital, a fim de que possas aprender a valorizar a saúde que te permite trabalhar e renovar a esperança. Leia Mais…

Publicado por: . | 22 novembro, 2018

Tua lâmpada – Com a palavra Emmanuel

1 – TUA LÂMPADA


Tua fé viva! – tua lâmpada.
Zelarás por tua lâmpada para que as perturbações do caminho não te mergulhem nas trevas.
O serviço é a chama que lhe define a vida, a compaixão é o óleo que a sustenta.
Clareia a estrada para os que se acolhem na sombra e segue adiante!… Vê-los-ás
tresmalhados no grande tumulto…Entre eles, encontramos os que se julgam em liberdade,
quando não passam de cativos da ignorância e do ódio; os que deliram na ambição
desregrada, pisando o cairel de pavorosas desilusões, os que estadeiam soberbia nas
eminências do mundo, admitindo-se encouraçados de poder, sem perceberem o abismo que
os espreita; os que fizeram da vida culto incessante a todos os excessos e para quem a
morte breve surgirá por freio de contenção… E com eles se agitam aqueles outros que
desprezaram as vantagens do sofrimento, transformando o benefício da dor em cárcere de
revolta; os que descreram do trabalho e se enredaram no crime; os que desertaram da
consciência atirando-se ao fogo do remorso e os que perderam a fé, incapazes de sentir a
benção de Deus que lhes brilha no coração!…
Unge de amor o pensamento transviado de todos os que se demoram na retaguarda,
enlouquecidos por sinistros enganos e derrama o bálsamo do conforto nas feridas abertas de
quantos se afligem na estrada, sob a névoa do desespero!…
Para isso, não conte dificuldades, nem relaciones angústias. Auxilia e ama sempre.
Se garras de incompreensão ou de injúria te assaltaram na marcha, entrega os tesouros que
carregas abençoando as mãos que te firam ou te despojem, mas alça a tua flama de
confiança e caminha.
Cada golpe desferido na alma é renovação que aparece, cada espinho que se nos enterra na
carne do sonho é flor de verdade a enriquecer-nos o futuro, cada lágrima, vertida nos alimpa
a visão!…
Tua fé viva! – tua lâmpada!…
Faze-a fulgir, acima de tuas próprias fraquezas, para que um dia, possas transfigura-la em
estrela de eterna alegria, nos cimos da Grande Luz.

Emmanuel. Frâncisco C.Xavier. Caminho Espírita. IDE

Publicado por: . | 21 novembro, 2018

Professores Diferentes

Professores diferentescruz-e1478272809159

Emmanuel

 

 

Reunião pública de 16/11/59

Questão nº 290

 

Entre familiares e amigos, encontras, na Terra, a oficina do teu burilamento. Com raras exceções, todos apresentam problemas a resolver.

Problemas na emoção e no pensamento. Problemas na palavra e na ação.

Problemas no lar e no trabalho.

Problemas no caminho e nas relações.

Prossegues, assim, junto deles, como quem respira ao pé de múltiplos instrutores num instituto de ensino.

Muitos reclamam trabalho, lecionando-te paciência, enquanto outros te ferem a sensibilidade, diplomando-te em sacrifício. Há os que te escandalizam incessantemente, adestrando-te em piedade, e aqueles que te golpeiam a alma, com as lâminas invisíveis da ingratidão, para que aprendas a perdoar. Leia Mais…

Publicado por: . | 21 novembro, 2018

O dia é chegado – (102) Cartas de Paulo

Estudo realizado por Carlos Alberto em 21/11/2018

Romanos 13: 11 a 14

Publicado por: . | 20 novembro, 2018

NOSSA  CASA

Nossa Casacerebro-capaz-construir-musculos-pensamento

Emmanuel

A mente é a casa onde cada um de nós reside, segundo as nossas próprias concepções.

 

A imaginação é o arquiteto de nosso verdadeiro domicílio.

 

Se julgarmos que o ouro é o material adequado à nossa construção, cedo sofremos a ventania destruidora ou enregelante da ambição e da inveja, do remorso e do tédio, que costuma envolver a fortuna, em seu castelo de imprevidência. Leia Mais…

Publicado por: . | 19 novembro, 2018

S O S – com a palavra Espírito André Luiz

A existência é comparável ao firmamento que nem sempre surge anilado.

Dias sobrevêm nos quais as nuvens da prova se entrechocam de improviso, estabelecendo o aguaceiro das lágrimas.

Raios de angústia varrem o céu da esperança, granizos de sofrimento apedrejam os sonhos, rajadas de calúnia açoitam a alma, enxurrada carreando maledicência invade o caminho anunciando subversão.

Multiplicam-se os problemas, traçando os testes do destino em que nos verificará o aproveitamento dos valores que o mundo nos oferece.

Entretanto, a facilitação de cada problema solicita três atitudes essencialmente distintas, tendendo ao mesmo fim.

Silêncio diante do caos.

Oração à frente do desafio.

Serviço perante o mal.

Se a discórdia ameaça, façamos silêncio.

Se a tentação aparece, entenebrecendo a estrada, recorramos à oração.

Se a ofensa nos injuria, refugiemo-nos no serviço.

Toda perturbação pode ser limitada pelo silêncio até que se lhe extinga o núcleo de sombra.

Toda impropriedade mental desaparece se lhe antepomos a luz da oração.

Todo desequilíbrio engenhado pelas forças das trevas é suscetível de se regenerar pela energia benéfica do serviço.

O trânsito da vida possui também sinalização peculiar.

Silêncio – previne contra o perigo.

Oração – prepara a passagem livre.

Serviço – garante a marcha correta.

Em qualquer obstáculo, valer-se desse trio de paz, discernimento e realização, é assegurar a própria felicidade.

S O S é hoje o sinal de todas as nações para configurar as súplicas de socorro e, na esfera de todas as criaturas, existe outro S O S, irmanando Silêncio, Oração e Serviço, como sendo a síntese de todas as respostas.

Pelo Espírito André Luiz. Psicografia de Francisco C.Xavier. Livro: Senda para Deus. Lição nº 03. Página 19.

 

Publicado por: . | 19 novembro, 2018

Os sete anjos e trombetas – (129) Apocalipse

Estudo sobre o livro Apocalipse 8: 4 a 6 com Carlos Alberto e Júlio César em 17/11/2018

 

Publicado por: . | 18 novembro, 2018

Apelo

Apelosem275_52

Emmanuel

    

Meus amigos.

Não basta recolher os frutos do caminho. É necessário fazer luz dentro dele para que não nos percamos nas trevas.

Amealhar os benefícios imediatos do Espiritismo, procurando-lhe as gratificações consoladoras será compreensível para nós todos, mormente na hora escura que a Terra vai atravessando no inquietante período de transição da atualidade.

Entretanto, não basta fartar-se a alma de reconforto superficial, de vez que o alívio nem sempre significa solução.

Saibamos aproveitas as graças e os favores da Doutrina de Amor que nos enriquece de conhecimento e esperança, plasmando no espírito a renovação que nos é indispensável.

Para isso, descurar o Evangelho será esquecer a escola e menosprezar a lição.

Consagremos alguns minutos, cada dia, à procura de orientação com o Instrutor da Imortalidade.

Evangelho no coração para que aprendamos a sentir.

Evangelho no pensamento para que não nos falhe o equilíbrio.

Evangelho na palavra para que não nos prendamos à perturbação.   Evangelho nos braços para que a preguiça não nos faça cair em seus despenhadeiros de sofrimento.

Para isso, é necessário ler os ensinamentos do Senhor e meditar-lhes a essência, imprimindo rumo certo ao barco de nossa vida.

Sem a bússola, a embarcação vagueia sem rumo. Leia Mais…

Publicado por: . | 17 novembro, 2018

PERDOADOS,  MAS NÃO LIMPOS

 

Perdoados, mas não LimposImagem relacionada

Emmanuel

Em nossas faltas, na maioria das vezes, somos imediatamente perdoados, mas não limpos.

 

Fomos perdoados pelo fel da maledicência, mas a sombra que tencionávamos esparzir, na estrada alheia, permanece dentro de nós por agoniado constrangimento.

 

Fomos perdoados pela brasa da calúnia, mas o fogo que arremessamos à cabeça do próximo passa a incendiar-nos o coração.

 

Fomos perdoados pelo corte da ofensa, mas a perda atirada aos irmãos do caminho volta incontinenti, a lanhar-nos o próprio ser.

 

Fomos perdoados pela manifestação de fraqueza, mas o desastre que provocamos é dor moral que nos segue os dias.

 

Fomos perdoados por todos aqueles a quem ferimos, no delírio da violência ma, onde estivermos, é preciso extinguir os monstros do remorso que os nossos pensamentos articulam, desarvorados.

 

Chaga que abrimos na alma de alguém pode ser luz e renovação nesse mesmo alguém, mas será sempre chaga de aflição a pesar-nos na vida. Leia Mais…

Publicado por: . | 16 novembro, 2018

Acalma-te – psicografia de Chico Xavier

Publicado por: . | 15 novembro, 2018

CARTA  AOS  TRISTES

CARTA  AOS  TRISTEScasimiro-cunha

Casimiro Cunha

 

Alma irmã de nossas almas, Por que vives triste assim?

Todos os males da Terra Chegarão, um dia, ao fim.

 

Se tens o teu pensamento

Na ideia da salvação, Já deves compreender Que o mundo é de provação.

 

É justo que sintas muito

As lágrimas da saudade,

Que chores um ente amigo Na senda da iniquidade.

 

É certo que neste mundo,

Onde há espinho em toda a estrada Não há lugar para o excesso Do riso ou da gargalhada.

 

Mas, ouve. O amor de Jesus É como um sol de harmonia. Quem se banha em Sua luz Vive em perene alegria.

 

Demasia de tristeza É sinal de isolamento.

Quem foge à fraternidade Busca a sombra e o desalento.

 

Guarda o bem de teus esforços

Num plano superior, Não há tristeza amargosa Para quem ama o labor.

 

Transforma as experiências

Pelas quais hajas passado, Num livro Leia Mais…

Publicado por: . | 14 novembro, 2018

Nas Leis do Amor

Nas Leis do Amorchuon-chuon-ot

 

Reunião pública de 27-2-61

1ª Parte, cap. III, item 12

 

 

Se alguém te fala em descanso inútil depois da morte, pensa nos que sofrem por amor, na experiência terrestre.

Indaga das mães devotadas se teriam coragem de relegar os filhos delinquentes à solidão da masmorra…

Preferem chorar na pocilga, trabalhando por eles, a morarem no paraíso com o peito rebentando de lágrimas.

Pergunta aos pais afetuosos se pediriam a força para os rebentos do próprio sangue, comprometidos em débitos insolúveis…

Escolhem a condição dos grilhetas, de modo a vê-los recuperados, renunciando aos prêmios que a sociedade lhes destine à honradez.

Inquire da esposa abnegada se deixaria o companheiro enredado à loucura, pra brilhar num desfile  de santidade…

Disputará as vigílias no manicômio para servi-lo, fugindo aos louros da praça pública. Interroga do amigo verdadeiro se deixará o amigo confiante em  dificuldade…

Aceitará partilhar-lhe as provações, recusando os privilégios com que o mundo lhe  acene.

***

Isso acontece na Terra, onde o amor ainda se mistura ao egoísmo, qual o outro perdido na ganga do solo.

Para além das cinzas do túmulo, há paz de consciência e alegria profunda no dever nobremente cumprido, mas, se te afeiçoas à bondade e à renúncia, poderás quanto quiseres continuar auxiliando os entes amados, que aprendeste a venerar e querer, ou prosseguir exaltando os ideais e as tarefas edificantes que abraças. Leia Mais…

Publicado por: . | 13 novembro, 2018

NA EDIFICAÇÃO DA FÉ

Na Edificação da Fé SEARA

Emmanuel

 

Ninguém edificará o santuário da fé no coração, sem associar-se, com toda alma, ao trabalho, naquilo que o trabalho oferece de belo e de superior dentro da vida.

*

Para alcançar, porém, a divina construção, não nos basta os primores intelectuais, a eloqüência preciosa, o êxtase contemplativo ou a desenvoltura dos cálculos no campo da inteligência.

*

Grandes gênios do raciocínio são, por vezes, demônios da tirania e da morte.

*

Admiráveis doutrinadores, em muitas ocasiões, são vitrinas de palavras brilhantes e vazias.

*

Muitos adoradores da Divindade, frequentemente, mergulham na preguiça a pretexto de cultuar a Glória Celeste.

*

Famosos matemáticos, não raro, são símbolos de sagacidade e exploração inferior.

*

Amemos o trabalho que a Eterna Sabedoria nos conferiu, onde nos situamos, afeiçoando-nos à sua execução sempre mais nobre, cada dia, e

seremos premiados pela grande compreensão, matriz abençoada de toda a

confiança, de toda a serenidade e de todo o engrandecimento do espírito.

*

Para penetrar os segredos da estatuária, o escultor repete os golpes do buril milhões de vezes.

*

Para produzir o vaso de que se orgulhará em sua missão bem cumprida, o oleiro demora-se infinitamente ao contato da argila. Leia Mais…

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias