old_man

Ditado pelo Espírito Emmanuel.

Não temos pela frente tão-só as nossas dificuldades, mas igualmente as dificuldades das pessoas queridas, pelas quais, muitas vezes, sofremos muito mais que por nós próprios.

Forçoso, porém, anotar que, em nos interessando pelo apoio aos entes queridos, nunca estamos a sós, porquanto Deus, que no-los emprestou ao convívio, permanece velando sem olvidá-los.

Nos dias de cinza e sombra de provação, doemos aos entes amados o melhor de nossa ternura, mas evitemos insuflar-lhes pessimismo ou desconfiança, ansiedade ou inquietação.

Se nos pedem conselhos, não descambemos para sugestões pessoais, e sim, ajudemo-los a buscar a Inspiração Divina, através da prece, porque Deus lhe conhece as necessidades e lhes traçará seguro roteiro ao comportamento.

Se doentes, mais que justo, lhe ministremos assistência e carinho; todavia, empenhamo-nos em guiar-lhes o pensamento para o otimismo, convencidos de Leia Mais…

Publicado por: . | 24 julho, 2015

Companheiros que Partem – mensagem de Emmanuel

Publicado por: . | 23 julho, 2015

Chico Xavier e o verdadeiro amor

Publicado por: . | 22 julho, 2015

NOSSOS PROBLEMAS – psicografia de Chico Xavier

nossos problemasPelo Espírito Emmanuel. Do livro “Alma e Coração”.

De modo geral, um problema surge à frente e consideramo-nos para logo batidos pela aflição. Não raro, contornamo-lo através da fuga deliberada. Noutras ocasiões, antes de arrostá-lo, resvalamos em desânimo ou rebeldia. E lá se vai a oportunidade da promoção.
Às vezes, nós – espíritos eternos – perdemos sucessivas reencarnações, simplesmente pelo medo de facear certas dificuldades justas e necessárias ao nosso burilamento.
Problemas, no entanto, constituem o preço da evolução.
Não há conhecimento sem experiência e não há experiência sem provas.
Em todos os níveis da Natureza prevalecem semelhantes princípios. O embrião da planta vive na semente um problema fundamental: como atravessar o envoltório que o resguarda, para construir o seu próprio caminho na direção da luz? A lagarta enfrenta outro: onde encasular-se para ser a borboleta?
Não fossem os desafios e exercícios da escola, a cultura, tanto quanto a civilização seriam tão-somente idéias remotas no campo da Humanidade.
Não te amedrontes ante os problemas que te visitem. São eles recursos naturais da existência, medindo-te a capacidade de adaptação e crescimento.
Nunca te certificarias se possuis bastante reservas de coragem, sem o obstáculo que te ensina a decifrar os segredos da auto-superação, e jamais saberias se realmente amas, sem a dor que te ajuda a desentranhar os mais puros sentimentos do coração.
Problemas são sinônimos de lição. Se tens o caminho repleto deles, isso significa que chegaste à madureza de espírito, com a possibilidade de freqüentar simultaneamente vários cursos de aperfeiçoamento no educandário do mundo.
Bendize o ensejo de testemunhar a tua abnegação e a tua fé, porque todo momento de compreender e perdoar, auxiliar e edificar, é hora de aprender e tempo de progredir.

REalizado na FEEAK Minas em 17/07/2015

áudio

vídeo

Programa realizado 16/07/2015

áudio

vídeo

Publicado por: . | 17 julho, 2015

Prece e Obsessão – mensagem de André Luiz

Publicado por: . | 16 julho, 2015

Ave, Cristo – 101º Amor e Sab de Emmanuel

Programa 101º Amor e Sabedoria de Emmanuel realizado em 14/07/2015 por Carlos Alberto Braga Costa

áudio

Vídeo

Publicado por: . | 15 julho, 2015

Vem aí – Apocalipse

Em agosto Programa Apocalipse

APOCALIPSE CARTAZ ESTRÉIA SEM FOTO

Publicado por: . | 15 julho, 2015

COMEÇAR DE NOVO – Psicografia de Chico Xavier

tumblr_m6dkksjAHS1qeku48o1_500Do livro “Alma e Coração” – ditado pelo Espírito Emmanuel

Erros passados, tristezas contraídas, lágrimas choradas, desajustes crônicos!…
Às vezes, acreditas que todas as bênçãos jazem extintas, que todas as portas se mostram cerradas à necessária renovação!…
Esqueces-te, porém, de que a própria sabedoria da vida determina que o dia se refaça cada amanhã.
Começar de novo é o processo da Natureza, desde a semente singela ao gigante solar.
Se experimentaste o peso do desengano, nada te obriga a permanecer sob a corrente do desencanto. Reinicia a construção de teus ideais, em bases mais sólidas, e torna ao calor da experiência, a fim de acalentá-los em plenitude de forças novas.
O fracasso visitou-nos em algum tenta-me de elevação, mas isso não é motivo para desgosto e autopiedade, porquanto, freqüentemente, o malogro de nossos anseios significa ordem do Alto para mudança de rumo, e começar de novo é o caminha para o êxito desejado.
Temos sido desatentos, diante dos outros, cultivando indiferença ou ingratidão; no entanto, é perfeitamente possível refazer atitudes e começar de novo a plantação da simpatia, oferecendo bondade e compreensão àqueles que nos cercam.
Teremos perdido afeições que supúnhamos inalteráveis; todavia, não será justo, por isso, que venhamos a cair em desânimo.
O tempo nos permite começar de novo, na procura das nossas afinidades autênticas, aquelas afinidades suscetíveis de insuflar-nos coragem para suportar as provações do caminho e assegurar-nos o contentamento de viver.
Desfaçamo-nos de pensamentos amargos, das cargas de angústia, dos ressentimentos que nos alcancem e das mágoas requentadas no peito! Descerremos as janelas da alma para que o sol do entendimento nos higienize e reaqueça a casa íntima.
Tudo na vida pode ser começado de novo para que a lei do progresso e de aperfeiçoamento se cumpra em todas as direções.
Efetivamente, em muitas ocasiões, quando desprezamos as oportunidades e tarefas que nos são concedidas na Obra do Senhor, voltamos tarde a fim de revisá-las e reassumi-las, mas nunca tarde demais.

 

Realizado na FEEAK Minas em 10/07/2015

Publicado por: . | 10 julho, 2015

Obsessão de natureza espirítica – áudo e vídeo

Programa 144º Espiritismo, Evangelho e Educação realizado na Sala Evolução e Vida interativa em 09/07/2015

áudio

vídeo

Publicado por: . | 10 julho, 2015

Luzes do Entardecer – mensagem de Meimei

Programa 100º Amor e Sab de Emmanuel realizado em 07/07/2015 por Carlos Alberto

áudio

 

vídeo

Publicado por: . | 8 julho, 2015

PAZ DE ESPÍRITO – Psicografia de Chico Xavier

paz de espiritoDitado pelo Espírito Emmanuel. Do livro “Alma e Coração”.

Temos hoje, em toda parte da Terra, um problema essencial a resolver, a aquisição da paz de espírito, em que se desenvolvem todas as raízes da
solução aos demais problemas que sitiam a alma.
Que diretrizes, porém, adotar na obtenção de semelhante conquista?
Usar a força, impor condições, armar circunstâncias?
Não desconhecemos, no entanto, que a tensão apenas consegue impedir o fluxo das energias criadoras que dimanam das áreas ocultas do espírito,
agravando conflitos e mascarando as realidades profundas de nossa vida íntima, habitualmente manifestas.
A paz de espírito, ao contrário, exclui a precipitação e a inquietude, para deter-se e consolidar-se na serenidade e no entendimento. Para adquiri-la, por isso mesmo, urge entregar as nossas síndromes de ansiedade e de angústia à providência invisível que nos apóia.
As ciências psicológicas da atualidade nomeiam esse recurso como sendo “O poder criativo e atuante do inconsciente”, mas, simplificando conceitos, a fim de adaptá-los ao clima de nossa fé, chamamos-lhe “o poder onisciente de Deus em nós”.
Render-nos aos desígnios de Deus, e confiar a Deus as questões que nos surjam intrincadas no cotidiano, é a norma exata da tranqüilidade suscetível de garantir-nos equilíbrio no mundo interno para o rendimento ideal da vida.
Colocar à conta de Deus a parte obscura de nossa caminhada evolutiva, mas sem desprezar a parte do dever que nos compete.
Trabalhar e esperar, realizando o melhor que pudermos. Fé e serviço, calma sem ócio.
Pensemos nisso e alijemos o fardo dos agentes destrutivos de ódio, ressentimento, culpa, condenação, crítica ou amargura que costumamos
arrastar no barro da hostilidade com que tratamos a vida, tanta vez arruinando tempo e saúde, oportunidade e interesses.
Fundamentemos a nossa paz de espírito numa conclusão clara e simples: Deus que nos tem sustentado, até agora, nos sustentará também de agora em diante.
Em suma, recordemos o texto evangélico que nos adverte sensatamente: “Se Deus é por nós, quem poderia ser contra!”

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias